foto5- equipe Sindag e Ibravag no estande na Expodireto

Um ano marcado por avanços no setor aeroagrícola

Investimento de R$ 3,4 milhões no BPA Brasil e quebra de recordes no Congresso da AvAg foram destaques em 2022

Publicado em: 08/01/23, 
às 11:39
, por IBRAVAG

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Pinterest
[esi INSERT_ELEMENTOR id="1794" cache="private" ttl="0"]

O ano de 2022 ficará marcado na história da aviação agrícola brasileira como um tempo de grandes projetos saindo do papel e de retomada das atividades presenciais depois de dois anos vivendo as restrições impostas pela pandemia da Covid-19. Ainda no primeiro semestre, a concretização da parceria entre o Instituto Brasileiro da Aviação Agrícola (Ibravag) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) garantiu o aporte de R$ 3,4 milhões para o programa Boas Práticas Aeroagrícolas (BPA) Brasil. Este é o maior investimento em um único projeto em toda a existência do setor.

Ainda nesse 2022, que a aviação agrícola completou 75 anos no Brasil, o Congresso da Aviação Agrícola voltou ao formato presencial, batendo recorde de expositores, de público e com novidades, tornando ainda mais atrativo o evento. Foi neste ano também que o Ibravag e o Sindag participaram da Expodireto Cotrijal, uma das feiras mais importantes do circuito de eventos do agro no Brasil, com estande próprio. Em termos de legislação, foi aprovado o Projeto de Lei (PL) 4.269/2020, do então senador Carlos Fávaro (PSD/MT), que coloca a aviação agrícola nas políticas governamentais para a preservação das reservas naturais.

ALGUMAS AÇÕES QUE MARCARAM A AVIAÇÃO AGRÍCOLA EM 2022

BPA Brasil

24 DE MAIO: o presidente do Ibravag, Júlio Augusto Kämpf (direita), acompanhado da analista de Projetos de Cooperação da entidade setorial, Gabriele Oliveira, apresentou o andamento do BPA ao diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles.
Foto: Castor Becker Júnior/C5 NewsPress

Em fevereiro, a parceria entre Ibravag e Sebrae Nacional foi consolidada, dando início ao desenvolvimento do programa Boas Práticas Aeroagrícolas (BPA) Brasil, que prevê trabalhos voltados à melhoria dos processos administrativos e operacionais dos operadores aeroagrícolas. Isto é: o projeto, que conta com o apoio do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag), tem a proposta de imprimir a cultura do empreendedorismo no setor a partir da transferência de conhecimento, com capacitações EaD, pesquisa de diagnóstico, mentorias e dias de campo. Também estão previstas ações de mercado, como a criação de uma plataforma de negócios (páginas 38 e 39), entre outras.

O convênio foi alinhavado pelo diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos do Carmo Andrade Melles, e pelo presidente do Ibravag, Júlio Augusto Kämpf, que classifica o BPA Brasil como um marco na mudança cultural no setor, respaldada no tripé que sustenta a entidade setorial: a educação, a comunicação e a inovação tecnológica. Um projeto gigante que cruza o Brasil de Norte a Sul e de Leste a Oeste.

Combate a incêndio

No dia 22 de junho, o setor aeroagrícola comemorou a aprovação do Projeto de Lei (PL) 4.269/2020, do senador Carlos Fávaro (PSD/MT), que coloca a aviação agrícola nas políticas governamentais para a preservação das reservas naturais. Com isso é alterado o Código Florestal Brasileiro e determina que os planos de contingência para combate a incêndios florestais dos órgãos vinculados ao Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama) contenham diretrizes para o uso da aviação agrícola.

A Lei Federal 14. 406/2022 foi sancionada dia 12 de julho pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no dia 13 de julho no Diário Oficial da União (DOU). O dispositivo defendido pelo Sindag e Ibravag traz maior clareza aos administradores públicos na hora de contratar empresas aeroagrícolas especialmente na temporada das chamas, de julho a setembro.

COLHEITA DO ARROZ

TECNOLOGIA: no estande, explicações sobre a ferramenta e segurança operacional.
Foto: Graziele Dietrich/C5 NewsPress

O Sindag e Ibravag, em parceria com a Mirim Aviação Agrícola, levaram a tecnologia aeroagrícola para as Vitrines Tecnológicas da 32ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas. Este foi o sexto ano consecutivo que o setor tem estande no evento e o quarto ano que o balanço da frota foi anunciado durante a programação. Ainda durante a mostra, que ocorreu de 16 a 18 de fevereiro de 2022, em Capão do Leão/RS, foi assinado um Termo de Cooperação entre Ibravag e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) unidade Clima Temperado, para aperfeiçoamento de profissionais.

Expodireto Cotrijal

ESTANDE: equipe do Sindag e Ibravag comemora presença na Expodireto Cotrijal

O ano de 2022 marcou a entrada definitiva do Sindag e Ibravag na Expodireto Cotrijal, que ocorreu de 7 a 11 de março, em Não-Me-Toque/RS. Pelo primeiro ano, as entidades setoriais participaram com estande próprio na feira internacional que é considerada uma das mais importantes do circuito brasileiro de eventos do agro. Durante a mostra, as entidades aeroagrícolas apresentaram em primeira mão o programa BPA Brasil. Ainda teve a adesão do Ibravag à Rede de Inovação no Agronegócio do Rio Grande do Sul (Riagro). A iniciativa – apresentada na Arena Digital da feira –  envolve 16 centros de tecnologias no Estado, com o propósito de acelerar o desenvolvimento de spin-offs, startups e seus negócios nascentes.

Congresso AvAg 2022

MOVIMENTO: público recorde foi ver de perto as novidades do setor e encontrar parceiros de negócios e amigos.
Foto: Castor Becker Júnior/C5 NewsPress

O grande destaque de 2022 foi o retorno do Congresso da Aviação Agrícola (AvAg) ao formato presencial indicando os Novos Tempos. Depois de dois anos realizado pela web, a programação voltou ao Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho, nos dias 18, 19 e 20 de julho. Expositores e público mostraram que estavam com saudades de se reunir para trocar ideias, ver de perto as inovações tecnológicas, fechar negócios e participar de debates sobre os avanços do setor.

Além de reunir 170 expositores, distribuídos em 120 estandes, o maior número até então, o Congresso AvAg bateu recorde de público, com 4.178 visitantes inscritos. Ainda, a pesquisa de satisfação realizada pelo Sindag mostrou que 31, 4% das marcas fecharam negócios e outros 66, 7% encaminharam negócios futuros.

Entre as novidades do evento aeroagrícola destaque para o novo logotipo, área especial para drones e Campeonato de Mecânicos de Aeronaves de Aviação Agrícola. Esta competição foi coordenada pela Escola de Aviação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Santa Catarina (Senai/SC), com sede em Palhoça/SC, com apoio da CSA – Centro de Serviços Aeronáuticos, Sindag e Ibravag.

AINDA NO EVENTO

• Entrega da Medalha Mérito da Aviação Agrícola aos agrônomos Marcos Vilela Magalhães Monteiro e Alan McCracken

• Cerimônia de formatura do MBA Gestão, Inovação e Sustentabilidade Aeroagrícola

• Congresso Científico da Aviação Agrícola

• Palestra O Futuro da Aviação Agrícola: Inovação e Gestão do Conhecimento, dentro da agenda do Programa Boas Práticas Aeroagrícolas

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Pinterest

Este website utiliza cookies para fornecer a melhor experiência aos seus visitantes.