FOTO1_CongressoAvAg2022-Castor Becker Junior(25)

A cadeia produtiva aeroagrícola se encontra em Sertãozinho/SP

Congresso da Aviação Agrícola 2023 ocorre nos dias 18, 19 e 20 de julho com programação focada em tecnologia e gestão

Publicado em: 18/07/23, 
às 10:00
, por IBRAVAG

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Pinterest
[esi INSERT_ELEMENTOR id="1794" cache="private" ttl="0"]

Com foco em gestão e novas tecnologias, o Congresso da Aviação Agrícola (Congresso AvAg) 2023 chega com uma programação ampla, envolvendo palestras, painéis e minicursos. São três dias de imersão nas necessidades do setor, novas tecnologias, regulação, bem como nos efeitos do cenário macroeconômico e político – nacional e internacional – na cadeia aeroagrícola. A programação ocorre nos dias 18, 19 e 20 de julho, no pavilhão do Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho/SP.

O evento realizado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag), com o apoio do Instituto Brasileiro da Aviação Agrícola (Ibravag), é considerado um dos maiores do mundo. No espaço de 2. 766 mil metros quadrados, está prevista a presença de mais de 140 expositores, incluindo fabricantes de aeronaves e drones, além de indústrias de peças, fornecedores e prestadores de serviços. Na parte externa, na pista construída junto ao pavilhão, como já é tradicional, haverá demonstração com aviões agrícolas e drones de aplicação.

RACIONALIDADE

A expectativa é de um grande evento, que gere bons resultados para expositores e visitantes. “Estamos vivendo um cenário de muitas incertezas e queremos, cada vez mais, aproximar todo os integrantes da cadeia produtiva da aviação agrícola”, sinaliza a presidente do Sindag, Hoana Almeida Santos. A dirigente, que foi empossada em 25 de maio, chega ao Congresso AvAg com o propósito de ouvir associados e fornecedores.

Para Hoana, o momento exige grande articulação política da entidade, e o associado precisa estar informado de todos os passos para que possa fazer o seu dever de casa. Lembra que a parte do Sindag é defender a atividade e buscar soluções para os problemas, mas o associado precisa estar preparado, saber o que está acontecendo para argumentar e corrigir desinformações. “O momento requer um esforço conjunto dos associados para combater estereótipo sobre a aviação e dar racionalidade ao debate sobre o agro”, assinala a dirigente.

Gestão do Tempo é destaque na programação

CAROLINA: palestra falará sobre como ajustar as tarefas do dia a dia

A programação abre espaço para o público feminino, incluindo um Encontro de Mulheres da Aviação Agrícola. Questões sobre como abrir espaço na agenda serão abordadas na palestra Gestão do Tempo para Mulheres Ocupadas, marcada para o terceiro dia do Congresso AvAg, às 14 horas. A jornada comandada pela escritora Carolina Prudente Medeiros, formada em Direito, servidora federal e com mais de 20 anos de experiência em cargos de liderança, chega em um momento que a presença feminina vem aumentando consideravelmente no setor. Inclusive, com a eleição de uma mulher como presidente do Sindag.

O encontro, aberto também para os homens, integra o programa Boas Prática Aeroagrícolas (BPA) Brasil, uma parceria entre o Instituto Brasileiro da Aviação Agrícola (Ibravag) e o Sebrae Nacional, com apoio institucional do Sindag. Carolina seguirá os passos do Método PLENA, iniciais das palavras Podar/Liberar/Equilibrar/Negociar/Ajustar, explicados no livro que dá nome à palestra e escrito por Carolina em parceria com seu esposo, José Rafael de Medeiros Filho.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO CONGRESSO AVAG 2023

18/07 (Terça-feira)

09:00 – Minicurso Gestão Financeira
Professor: Cristian Foguesatto, professor universitário doutor em agronegócio e doutorando em Administração
Local: Auditório Expositores

10:00 – Abertura oficial do Congresso da Aviação Agrícola 2023 e Painel Economia e Política “As perspectivas do cenário político e econômico do Brasil e o impacto no setor de Aviação Agrícola”
Painelista: engenheiro agrônomo Daniel Dias da Silva, especialista em análise de mercado e conjuntura agroeconômica
Local: Arena Multiuso

11:00 – Minicurso Gestão Jurídica da Aviação Agrícola
Professor: Ricardo Vollbrecht, advogado assessor jurídico do Sindag e Ibravag
Receberá certificado de participação quem fizer a inscrição e assistir aos três dias do minicurso
Local: Auditório Expositores

14:00 – Apresentação dos trabalhos inscritos no Congresso Científico
Local: Arena Multiuso

19:00 – Jantar da Aviação Agrícola
Jantar festivo, com entrega das Medalhas Mérito da Aviação Agrícola
Local: Arena Multiuso

19/07 (Quarta-feira)

09:00 – Minicurso Gestão Financeira
Professor: Cristian Foguesatto, professor universitário doutor em agronegócio e doutorando em Administração.
Local: Auditório Expositores

10:00 – Painel Digitalização
Ferramentas que facilitam o dia a dia nas empresas, apresentação do Sipeagro, do Case da Sana Agro Aérea, da Plataforma de Negócios do Ibravag (construída dentro do programa Boas Práticas Aeroagrícolas/BPA, que conta com a parceria do Sebrae Nacional) e da Plataforma Sindiveg
Local: Arena Multiuso

10:00 – Painel Ibravag
Apresentação das atribuições do Instituto Brasileiro da Aviação Agrícola.
Local: Auditório Ibravag

11:00 – Minicurso Gestão Jurídica da Aviação Agrícola
Professor: Ricardo Vollbrecht, advogado assessor jurídico do Sindag e Ibravag.
Receberá certificado de participação quem fizer a inscrição e assistir aos três dias do minicurso.
Local: Auditório Ibravag

14:00 – Apresentação dos Resultados do Programa de Boas Práticas Aeroagrícolas do Brasil
Pesquisa sobre a gestão das empresas Aeroagrícolas; Pesquisa de mercado do setor Aeroagrícola. Onde vender mais? e Resultados do BPA.
Local: Arena Multiuso

16:00 – Confraternização Revista Aviação Agrícola
Apresentação da publicação criada pelo Ibravag e que está completando 5 anos, com entrega de uma placa comemorativa para os anunciantes da publicação.
Local: Arena Multiuso

19:00 – Happy Hour da Aviação Agrícola
Atração: Encontro das turmas do Cavag de todos os tempos.
Local: Arena Multiuso

20/07 (Quinta-feira)

09:00 – Minicurso Comunicação e Marketing (BPA)
Professora: Marluci Stein, jornalista e mestranda em Comunicação com ênfase em Redes Sociais, Interações e Sociabilidades, atua há mais de 15 anos na área de assessoria de comunicação e mídias sociais, desenvolve projetos na área de gestão de crises, planejamento, gestão de mídias sociais e comunicação e marketing político.
Local: Auditório Expositores

10:00 – Painel Tecnologia de Aplicação
Local: Arena Multiúso

11:00 – Minicurso Gestão Jurídica da Aviação Agrícola
Professor: Ricardo Vollbrecht, advogado assessor jurídico do Sindag e Ibravag.
Receberá certificado de participação quem fizer a inscrição e assistir aos três dias do minicurso.
Local: Auditório Expositores

14:00 – Painel Gestão do Tempo
Palestrante: Carolina Prudente Medeiros, formada em Direito na Universidade Federal de Goiás, possui mais de 20 anos de experiência ocupando cargos de liderança.
Após a palestra haverá um painel com mulheres da AvAg e um café para confraternização geral.
Local: Arena Multiúso

14:00 – Painel Ibravag – Cerimônia de encerramento da primeira edição do Curso de Atualização de Pilotos
Auditório Ibravag

16:00 – Cerimônia de Encerramento
Divulgação do resultado do Congresso Científico.
Local: Arena Multiúso

Especialista destaca importância do setor estar alinhado a questões ambientais

DIAS: palestrante faz um apanhado macroeconômico

A programação do Congresso AvAg, que será distribuída em três espaços – Arena, Auditório Ibravag e Auditório Expositores –, prevê um time de profissionais de primeira linha, entre especialista no agro e da aviação, além de fornecedores, autoridades em gestão, comunicação, regulação e representantes de órgãos oficiais. Destaque para o palestrante da abertura do evento (18 de julho, às 10 horas), o engenheiro agrônomo Daniel Dias, que abordará “As perspectivas do cenário político e econômico do Brasil e o impacto no setor de Aviação Agrícola”.

Com expertise em análise de mercado e conjuntura agroeconômica, Dias reforça a importância de o setor estar alinhado às questões ambientais. Para ele, esta pode ser uma barreira gigantesca para o agronegócio brasileiro, que é um grande exportador. E não fala aqui de alguma política de embargo de determinado governo que deixará de comprar do Brasil porque fere o Acordo de Paris, ou o Pacto Global da ONU, do qual o Sindag é signatário, mas sim do consumidor final.

“Nós somos um exportador de grãos, de alimento, de matéria-prima. Então, precisamos sintonizar com o que que está acontecendo na economia mundial”, pontua Dias, que já atuou em empresas internacionais e nacionais nos setores de agronegócio e meio ambiente e hoje é sócio-diretor da Agroconomics Consulting. Como o mercado é globalizado, o palestrante promete um apanhado macroeconômico. Por sinal, é neste quesito que aponta para a situação antagônica existente entre a situação do Brasil e as principais economias mundiais.

Conforme Dias, enquanto o Brasil está caminhando para uma adequação política e econômica, as principais economias do mundo ainda sofrem os efeitos da pandemia da Covid-19. Situação agravada na União Europeia pela guerra na Ucrânia. O próprio Estados Unidos tem desafios enormes, com as maiores taxas de juros da sua história, inflação em escalada e uma recessão batendo à porta. “A casa está desarrumada e eles continuam bagunçando”, reforça o palestrante.

Diante disso, o especialista em conjuntura macroeconômica alerta que o Brasil está passando por um momento importante. Os números e matriz macroeconômica estão sendo ajustados, mas alerta: “do ponto de vista político, estamos ainda desorganizados”. Lembra que o País acabou de sair de uma eleição polarizada, em proporções que talvez nunca se tenha visto antes na história. E entende que o problema vem se agravando: os primeiros passos ou as deliberações do governo só têm agravado o problema de embate, principalmente, quando se fala no agro.

Dias observa que o Brasil está crescendo, mas é um crescimento alavancado pelo agronegócio. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o produto interno bruto (PIB) avançou 1,9% no primeiro trimestre de 2023, em comparação com o trimestre anterior, e 4% sobre o mesmo período de 2022. Conforme a Carta Conjuntura Número 59 do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), publicado no início do mês de junho, o resultado reflete a forte expansão da agropecuária. A análise destaca o desempenho da soja, além das contribuições positivas das lavouras de milho, fumo e mandioca.

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Pinterest

Este website utiliza cookies para fornecer a melhor experiência aos seus visitantes.